Vídeo- Homem negro é espancado até a morte em supermercado de Porto Alegre

Caso ocorreu em Porto Alegra-RS e os vídeos que flagraram o espancamento circulam na internet desde a noite dessa quinta-feira (19)

0

Dois seguranças de uma unidade da rede de supermercados Carrefour foram presos suspeitos de espancar um homem até a morte. A vítima, identificada como João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, teria sofrido as agressões em frente ao estabelecimento após iniciar uma discussão com os dois suspeitos. Um terceiro homem, que é policial temporário e prestava serviço no local, também foi detido.

O caso ocorreu em Porto Alegra-RS e os vídeos que flagraram o espancamento circulam na internet desde a noite dessa quinta-feira (19). De acordo com a Brigada Militar, a discussão teria começado no caixa do supermercado. O cliente teria ameaçado agredir uma das funcionárias e, em seguida, ela acionou os seguranças do estabelecimento.

Na sequência, os dois seguranças teriam expulsado o homem do local. Os depoimentos do que ocorreu após a vítima sair do supermercado se divergem.

Enquanto a corporação afirma que a vítima entrou em combate corporal com os seguranças, algumas testemunhas relatam que o homem foi seguido pelos seguranças e agredido na saída. O que ficou evidenciado nas imagens divulgadas na internet é que ele foi brutalmente espancado e morto.

Pelo registro, é possível ver que a vítima é derrubada e imobilizada enquanto recebe vários socos no rosto. Em outro vídeo, o homem aparece ensanguentado, enquanto os dois seguranças o imobilizam no chão. Durante a filmagem, uma funcionária evita mostrar as cenas e afirma que o cliente havia batido em uma fiscal.

Após o caso vir à tona, o Carrefour optou por romper o contrato com a empresa de segurança e fechará a loja. Em nota, o mercado afirmou que “adotará as medidas cabíveis para responsabilizar os envolvidos neste ato criminoso.”

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.