Testes em humanos mostram que mais uma vacina chinesa promete ser eficaz contra Covid-19, diz revista Lancet

0

A corrida para conseguir uma vacina contra a Covid-19 ganhou uma nova forte candidata, segundo comunicado da revista Lancet divulgado nesta quinta-feira (15).

A BBIBP-CorV está sendo desenvolvida pelo Instituto de Produtos Biológicos de Pequim, uma subsidiária do Grupo Nacional de Biotecnologia da China (CNBG).

​Ela inclusive já foi aprovada para um programa de vacinação de emergência na China, voltado para trabalhadores essenciais e outros grupos de pessoas que enfrentam alto risco de infecção.

A BBIBP-CorV inclui uma mistura do vírus morto com outro componente, o hidróxido de alumínio, chamado de adjuvante porque é conhecido por aumentar as respostas imunológicas.

Para comprovar a eficácia da vacina, ainda são aguardados os testes finais da fase três, que estão em andamento fora da China.

A publicação da revista Lancet ressalta que essa vacina chinesa, tal como a outra, não causou efeitos colaterais graves, mas apenas reações adversas leves, como febre e dor no local da injeção.

Os resultados divulgados nesta quinta-feira (15) vieram de um ensaio combinado entre as fases um e dois, envolvendo mais de 600 adultos saudáveis e ​​conduzido entre 29 de abril e 30 de julho.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.