Seis pesquisas estão em fase de testes em humanos na corrida pela vacina contra coronavírus

0

A corrida por uma vacina contra o coronavírus ganha cada vez mais apoio de pesquisadores do mundo todo. Dados da Organização Mundial da Saúde mostram que seis candidatas estão em fase de teste clínico, ou seja, em humanos.

São de três laboratórios da China, dois dos Estados Unidos, e um do Reino Unido. Outras 77 vacinas estão em fase de teste ainda em laboratório, mas algumas já devem iniciar a testagem em seres humanos nos próximos dias.

É o caso da Alemanha, que enxergou a urgência de uma vacina ainda em janeiro. A empresa BioNTech começou o processo de pesquisas quando boa parte do mundo ainda não tinha se dado conta do tamanho do problema.

Após experimentos bem-sucedidos em ratos, o governo autorizou agora que a vacina seja testada em humanos; 200 voluntários entre 18 e 55 anos participam dessa fase, que deve durar entre 3 a 5 meses.

Nos Estados Unidos, a aposta é em uma vacina oral. A empresa Vaxart anunciou que todos os testes feitos em animais surtiram efeito. A solução apresentada pela companhia é baseada em um comprimido que deve ser ingerido em temperatura ambiente.

Na Inglaterra, a Universidade de Oxford recebeu carta branca do governo para começar, já nesta quinta-feira, 23, testes de uma vacina em humanos; 500 voluntários já foram escolhidos.

A cientista chefe afirmou que a equipe responsável por este estudo tem experiência em ensaios semelhantes e disse que há 80% de chances do time ter bons resultados.
noticias.band.uol.com.br

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.