Roubo, ameaça, furto qualificado entre outras ‘Ocorrências Policiais de Jacarezinho’

0
AMEAÇA  CIDADE   JACAREZINHO
LOCAL DA OCORRÊNCIA RUA  NORTE DO PARANA
BAIRRO  Bairro: Marques dos Reis
DATA DO FATO: 07/01/2018  HORA INICIAL DO FATO: 17h50min
DESCRIÇÃO DO FATO: RELATA QUE FOI AGREDIDA POR UM SOCO DO ESPOSO 24 ANOS// CONTATO VIA TELEFÔNICO PUBLICO. NO LOCAL FOI CONSTATADO QUE O AGRESSOR JÁ HAVIA SE EVADIDO. FEITA ORIENTAÇÃO SOBRE OS PROCEDIMENTOS.

 


  AMEAÇA  CIDADE   JACAREZINHO
LOCAL DA OCORRÊNCIA RUA  RIO GRANDE
BAIRRO  Bairro: Vilas Scilas
DATA DO FATO: 07/01/2018  HORA INICIAL DO FATO: 19h04min
DESCRIÇÃO DO FATO: RELATA QUE SEU ESPOSO ESTÁ ALCOOLIZADO E ALTERADO, AMEAÇANDO AGREDIR FAMILIARES E QUEBRANDO A CASA. NO LOCAL EM CONTATO COM A SOLICITANTE SENHORA CONFIRMOU O FATO NARRADO ACIMA, SE ENCONTRAVA TAMBÉM O SENHOR QUE ESTAVA EM VISÍVEL ESTADO DE EMBRIAGUEZ; VÍTIMA NÃO MANIFESTOU INTERESSE EM REPRESENTAR COUBERAM APENAS ORIENTAÇÃO SOBRE O PRAZO DECADENCIAL, SEM MAIS FOI DADA POR ENCERRADA A OCORRÊNCIA.

 


  FURTO QUALIFICADO  CIDADE   JACAREZINHO
LOCAL DA OCORRÊNCIA RUA   SANTOS DUMONT
BAIRRO   Bairro: centro
DATA DO FATO: 07/01/2018  HORA INICIAL DO FATO: 20h36min
DESCRIÇÃO DO FATO: RELATOU A SOLICITANTE QUE A PORTA DA CASA FOI ARROMBADA E QUE FURTARAM UMA TV, NO LOCAL A EQUIPE CONSTATOU O FATO REALIZOU CONTATO COM O SENHOR O QUAL É IRMÃO DO PROPRIETÁRIO DA RESIDENCIA E INFORMOU QUE SABE APENAS QUE LEVARÃO UMA TELEVISÃO NÃO SABENDO PRECISAR A MARCA E UMA BICICLETA O QUAL NÃO SOUBE INFORMAR MAIORES DADOS DIANTE DOS FATOS O MESMO FOI ORIENTADO.

NÃO FORNECER NOTA FISCAL CIDADE   JACAREZINHO
LOCAL DA OCORRÊNCIA RUA
BAIRRO   CENTRO
DATA DO FATO: 06/01/2018 HORA INICIAL DO FATO: 12h14min

DESCRIÇÃO DO FATO: segundo a solicitante, na data de ontem, o seu pai teria levado um celular da marca Samsung até uma loja de assistência técnica. E que na data de hoje teria ido buscar o aparelho supracitado e, segundo a solicitante, demonstraram ao seu pai que o celular estava funcionando e que ao pegar o celular e sair da loja se dirigindo para o carro que se encontrava estacionado próximo, o seu pai notou que o celular tinha um defeito na tela retornou ao estabelecimento que foi informado que era uma película, e que não era para se preocupar.

 Outro funcionário manuseou o celular e informou que o pai da solicitante havia quebrado a tela; que o pai da solicitante pediu o dinheiro de volta ou o conserto, pedido este negado pelo funcionário e que foi informado que ele já havia assinado a retirada do produto, bem como pago pelo conserto. Diante disso, o pai da solicitante deixou o celular no balcão de atendimento e foi buscá-la. Ao retornar ao  estabelecimento, pediu um cupom fiscal, o que foi negado; somente foi  fornecido um recibo, se recusando a fornecer dados do estabelecimento bem como o próprio nome; que posteriormente forneceu dados do CNPJ e não forneceu nenhum de seus dados. Assim, a solicitante procurou a 12 SDP e posteriormente 1ª Cia onde informou os fatos citados. Logo, a equipe foi ate ao estabelecimento acima mencionado e que foi conversado com um dos atendentes, o qual foi questionado sobre o fornecimento de nota fiscal o mesmo informou que por ser MEI (micro empreendedor individual) era desobrigado a fornecer e que foi perguntado quem era o responsável este por sua vez informou que não tinha responsável pela loja e que o proprietário se encontrava em Ourinhos; ele ligou para a sua patroa, a qual conversou através do celular com a equipe e negou que o equipamento foi entregue danificado, e que poderia arrumar a tela por um preço menor. Que o talonário de emissão de nota fiscal não se encontrava no local, mas sim no escritório de contabilidade e que era para solicitante procurar o estabelecimento na segunda-feira a qual seria fornecido. Diante dos fatos, foi orientada a solicitante sobre os procedimentos cabíveis.

PRATICA DE ABUSO, MAUS TRATOS CONTRA ANIMAIS CIDADE   JACAREZINHO
LOCAL DA OCORRÊNCIA RUA  IGUAÇU
BAIRRO  VILA MARIA
DATA DO FATO: 06/01/2018 HORA INICIAL DO FATO: 15h38min

DESCRIÇÃO DO FATO: relata ter dois cachorros em maus tratos, doentes, sem alimentação adequada. Informou ainda que no local há muita sujeira das fezes dos animais, e a proprietária não realiza a limpeza, mesmo tendo três crianças menores de cinco anos; que vivem em meio à sujeira. No local a equipe não constatou a situação onde foi apenas orientada a moradora da casa.

ROUBO AGRAVADO CIDADE   JACAREZINHO
LOCAL DA OCORRÊNCIA RUA   ADAO APARECIDO QUERINO
BAIRRO   JARDIM CASTRO
DATA DO FATO: 06/01/2018 HORA INICIAL DO FATO: 16h19min

DESCRIÇÃO DO FATO: solicitante relatou que dois indivíduos que estavam com os rostos encobertos deram voz de assalto, armados com uma faca e um revolver, e levaram todo o dinheiro que o solicitante, a qual não sabe repassar características, apenas que um estava de bermuda e camisa preta, não sabendo informa o sentido que tomaram porque ficou caído no chão após ser agredido. No local em contato com a vitima o mesmo relatou que estava vindo da casa de um amigo e soube que informar que tinha a importância de 2.000,00 reais e um celular que não soube precisar marca e modelo. Diante dos fatos foi realizado patrulhamento porem não foi localizado os indivíduos retomando o patrulhamento.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.