Projeto Papa-Léguas da UENP estimula prática de exercícios em casa

0

O projeto de extensão em caminhada e corrida Papa-Léguas da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), vinculado ao curso de Educação Física, se reinventou para continuar atendendo aos participantes. Nesse período de isolamento social, o estímulo à prática de exercícios físicos vem por meio de vídeos de treinos gravados por professores e compartilhado com o grupo pelas redes sociais.

O coordenador do projeto, professor Rui Gonçalves Marques Elias, explica que pela impossibilidade de se reunir de maneira presencial por conta da pandemia, foram pensadas as atividades remotas para que os participantes do grupo se mantivessem ativos nesse período. “Primeiramente, fizemos uma série de vídeos explicativos com atividades de alongamento, aquecimento e exercícios funcionais de coordenação, força e resistência muscular. Esses vídeos têm o objetivo de instruir a forma correta de realizar os exercícios”, disse o professor.

Toda semana é organizada uma sessão completa de treinamento através de um vídeo publicado no YouTube que é compartilhado para o grupo realizar. A sessão de treino, conduzida por um dos professores ou alunos bolsistas vinculados ao projeto, tem a duração média de 40 minutos. Durante o vídeo, o professor controla o tempo de execução, descanso, séries, sugere intensidades e formas de execução. “Basta ligar o vídeo e realizar o treino junto com o professor”, destaca Rui.

O professor comenta que outra forma de incentivar os participantes do projeto é por meio de compartilhamento de fotos no grupo de WhatsApp, motivando todos a realizarem os exercícios. Além dos vídeos, o grupo recebe pelas redes sociais recomendações do Colégio Americano de Medicina do Esporte, que descreve formas de se manter ativo durante esse período e alerta sobre a importância de realizar pausas ativas durante o trabalho de home office.

O professor destaca a importância da atividade física durante esse período de distanciamento social. Ele acentua que o abandono repentino dos hábitos, de ambiente de trabalho, igreja, contato social e, consequentemente, a entrada de uma nova rotina, de risco de contágio da doença, de preocupação financeira e até mesmo com a morte, pode desencadear estresse e depressão. “A partir do comportamento sedentário adotado nesse período, pode se dar início a outras doenças metabólicas. Por isso, considero a prática de atividade física fundamental durante esse período de pandemia”, destaca.

Atividades na Rua

Para atividades a serem realizadas na rua, o professor orienta a se praticar o exercício físico sozinho ou com um companheiro da casa, em local aberto sem aglomeração, no raio de distância de 1km da casa e por no máximo uma hora, tomando todas as medidas de etiqueta respiratória e higienização, seguindo recomendações da Organização Mundial da Saúde e Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte.

Os vídeos que estão disponíveis para acesso livre no canal Papa-Léguas UENP do YouTube são produzidos pelos professores egressos da UENP Anibal Pires Neto, Ricardo Siqueira de Oliveira e os bolsistas Fundação Araucária, César Augusto Furlaneto e Natã José Ayres Christoni.
Inscreva-se no nosso canal no YOUTUBE

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.