Polícia prende ladrão que se escondeu em terreno baldio após assalto

0

Uma equipe da PM estava realizando a confecção de um boletim de ocorrência na sede da 1ª Cia. PM, quando um dos policiais recebeu ligação relatando um assalto em andamento no cruzamento das ruas Almirante Barroso x Rua Duque de Caxias, na Vila Setti, por volta das 22:10h desta segunda-feira, 11.

O solicitante relatou que o algoz seria um homem de estatura mediana de cabelo pintado com luzes no cabelo, camisa preta e bermuda, de posse de uma faca abordando um casal na rua Almirante Barroso.
Neste instante, a equipe deslocou para dar prioridade na referida ocorrência de roubo mencionada.

Durante o deslocamento a segunda equipe deslocou em apoio até as ruas Almirante Barroso e Duque de Caxias, pois foi encontrada uma das vítimas solicitando ajuda, onde a pessoa que teria roubado havia se embrenhado em um terreno baldio entre as ruas já mencionadas. Foi então que após buscas, a segunda equipe na rua Almirante Barroso conseguiu surpreender o indivíduo escondido no mato dando assim voz de prisão para o ao homem (25 anos idade).
Logo após a prisão foi deslocado até a rua General Osório, onde estaria a segunda vítima, menor com 14 anos. Foi conversado com os envolvidos que confirmaram terem sido abordados pelo indivíduo, o qual, de posse de uma arma branca (faca) falou a seguinte frase para os menores, “isto é um assalto, me passa o celular”, momento este que a menor nervosa entregou o aparelho celular da marca Samsung J7 Pro, equipamento avaliado em R$ 1.599,00 (hum mil quinhentos e noventa e nove reais).

Após a entrega do aparelho, o meliante saiu correndo pelo bairro sendo seguido por uma das vítimas. Durante a fuga o autor vendo que não obteria êxito no assalto jogou o aparelho celular no chão e se embrenhou num matagal.
Com estas informações, com produto do roubo, vítimas e autor, a equipe deslocou até a delegacia de polícia civil para realizar a entrega dos envolvidos com o aparelho celular (recuperado), que foi danificado após a fuga do autor.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.