Mais dois narcotraficantes são tirados de circulação pela Polícia Militar de Jacarezinho

0

Sexta-feira, 29, por volta das 23:30h, a Polícia Militar, em monitoramento a uma residência suspeita, na rua Vitória Régia, no Jardim Alves, aqui na cidade de Jacarezinho, e constataram que um indivíduo suspeito estava comercializando entorpecentes com grande movimentação de usuários no local.

O elemento foi abordado pelos policiais e foi encontrado com ele uma porção de maconha e uma porção de crack.

O jovem de 17 anos foi identificado e relatou aos PM’s que estava vendendo drogas para outros dois indivíduos já conhecidos no meio policial, e que os mesmos estariam dentro da casa.

Os policiais adentraram a residência e abordaram um dos suspeitos, identificado, de 19 anos de idade, que estava dentro de um quarto em companhia de uma jovem de 16 anos, que afirmou ser sua namorada. Com ele foram encontrados mais de seiscentos reais em dinheiro.

Em um outro quarto foi encontrado também outro indivíduo de 23 anos, suspeito de ser proprietário do entorpecente que estava em posse do menor que comercializava a droga, também foi encontrado dinheiro.

No quarto do casal de namorados foi encontrado um tablete de maconha, uma porção de crack e porções de maconha já preparadas para a venda, além de outros apetrechos usados pelos narcotraficantes, porções de maconha, crack, 01 balança de precisão, 01 faca e 01 tesoura com vestígios das drogas, um cartão de pagamento de benefícios (comumente utilizado como moeda no tráfico), celulares e outros materiais utilizados para embalar entorpecentes.

Diante dos fatos o indivíduo que estava na frente da casa, menor de idade e a jovem que estava dentro da residência foram apreendidos e os dois indivíduos suspeitos de serem proprietário dos entorpecentes que estavam aliciando o menor para a venda das drogas receberam voz de prisão e foram encaminhados juntamente com o material apreendido para a Delegacia de Policia Civil de Jacarezinho.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.