Lockdown no Paraná: circulação de pessoas é proibida das 20h às 05h por 9 dias

0

O governador Ratinho Junior (PSD) anunciou hoje que o Paraná entra lockdown a partir da 00h deste sábado (27). Em pronunciamento realizado no Palácio Iguaçu, na manhã desta sexta-feira (26), As regras do novo decreto valem pelos próximos nove dias, até 8 de março. Com isso, a circulação de pessoas está proibida entre 20h e 5h. No mesmo período também estão vetados a comercialização e o consumo de bebidas alcoólicas em espaços de uso público ou coletivo.

“Desde o início da pandemia, fizemos a opção de trabalhar de forma muito clara com a verdade. Muitas vezes dói. E a verdade hoje é que estamos no pior momento desse um ano de enfrentamento”, justificou o governador Ratinho Junior.

Neste momento, 94% das UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) da rede públicas estão ocupadas. Além disso, conforme o boletim estadual, são 628.999 casos confirmados e 11.380 mortes desde o início da pandemia.

A administração atribui a explosão casos às novas variantes da covid-19. Por isso, o objetivo das medidas mais duras em relação aos setores da sociedade tenta frear o contágio e impedir o colapso do sistema de Saúde.

“A velocidade das novas variantes é além da normalidade que estávamos enfrentando. Hoje o relato do prefeito de Matinhos é que já morreram mais pessoas nos dois primeiros meses de 2021 do que ano passado inteiro”, completou o governador.

O QUE MUDA
Beto Preto, secretário estadual da Saúde, alegou que o estado não pretende censurar ninguém. No entanto, é preciso dar um freio na movimentação das pessoas pelas cidades ao mesmo tempo em que os municípios vacinem os grupos prioritários.

“Não queremos falta de leitos, a pandemia está no seu momento mais duro. Os números estão escancarados para todos e por isso precisamos de mais uns dias de restrição. Ninguém aqui tem intenção de cercear”, afirmou.

Confira abaixo o que muda na vida dos paranaenses com o lockdown decretado no Paraná:
suspensão do funcionamento dos serviços e atividades não essenciais;
proibição de circulação em espaços e vias públicas, das 20h às 5h;
proibição e comercialização e consumo de bebidas alcoólicas em espaços de uso público ou coletivo no período das 20h às 5h;
suspensão das aulas presenciais em escolas estaduais, públicas e privadas, inclusive nas entidades conveniadas com o Estado do Paraná, cursos técnicos e em universidades públicas e privadas;
adequação do expediente dos trabalhadores aos horários de proibição provisória de circulação definidos no decreto;
atividades religiosas somente com atendimento individual ou culto on-line;
regime de teletrabalho para órgãos do Estado;
permitidos delivery. drive-thru e take away;
priorização da substituição do regime de trabalho presencial para o teletrabalho, quando possível;
suspensão das cirurgias eletivas por 30 dias para unidades públicas e privadas;
intensificação da fiscalização para cumprimento das medidas;

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.