Homem mais alto do mundo, com 2,57 metros de altura, morre aos 44 anos

0

Leonid Stadnyk, de 44 anos, o homem mais alto do mundo, da aldeia ucraniana de Podoliantsy, que se dizia ser muito tímido para ser medido para o livro dos recordes, com 2,57 metros de altura, morreu ontem de uma hemorragia cerebral, depois de problemas de saúde.

Sobre seu tamanho, Leonid dizia: “Para mim, a minha altura é uma maldição, um castigo de Deus, não é algo para celebrar. Que pecado eu cometi, eu não sei. Toda a minha vida eu sonhei em ser igual a todos.”
Sua ascensão surpreendente para a fama começou aos 12 anos, quando um tumor cerebral benigno estimulava a produção do hormônio do crescimento em seu corpo.

Leonid Stadnyk tinha o título de homem mais alto do mundo, com 2,57 metros de altura, e morreu aos 44 anos, vítima de uma hemorragia cerebral.
Falando sobre a vida, ele explicou como sua altura o impediu na sequência da sua carreira desejada. “Eu fui treinado para ser um veterinário e amava o meu trabalho”, disse ele.

“Mas aos poucos eu descobri que eu não poderia coneguir os sapatos que eu precisava no inverno para me proteger do congelamento. Eu simplesmente não podia continuar com este trabalho,” completo ele.

O homem havia assumido uma pequena propriedade familiar. Não havia nenhuma cama suficientemente grande, e ele dormia em uma mesa de bilhar.

Seus vizinhos o conheciam como um homem generoso, sempre pronto para ajudar, que certamente vai fazer falta na aldeia.
Fonte: Mirror

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.