Festival de Gramado 2020: Documentário sobre carreira de Alcione integra competição brasileira

0

Na noite desta segunda-feira (21), a programação do 48º Festival de Gramado exibiu o novo documentário de Angela Zoé, O Samba é Primo do Jazz. O filme integra a mostra competitiva de longas-metragens brasileiros do festival.

O Samba é Primo do Jazz tem como protagonista a cantora Alcione. Por meio de entrevistas atuais com a artista e com as pessoas ao seu redor, especialmente da família, o documentário se propõe a destacar sua importância no mundo da música ao longo das décadas.

A obra também conta com registros do passado, em que artistas falam sobre a presença de Alcione dentro e fora dos palcos. O foco de Zoé encontra-se restrito ao sucesso e aos maiores feitos da cantora em sua vida profissional.

Apesar de não apresentar um panorama mais extenso da vida de Alcione através de um olhar mais pessoal, e sem propor um conflito para trazer reflexão ao público, O Samba é Primo do Jazz possui bastante carisma por se apoiar no talento de sua protagonista.

A imagem que fica é a de Alcione enquanto artista, mas nem tanto como a mulher por trás de uma bela voz e presença – o que certamente também seria interessante de se acompanhar em um documentário.

Nesta terça-feira (22), serão exibidos os longas-metragens Aos Pedaços, de Ruy Guerra, e Matar a un Muerto, de Hugo Giménez, que também integram a mostra competitiva de Gramado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.