Atriz Marina Miranda, da ‘Escolinha’, morre aos 90 anos

0

Uma das filhas de Marina, Sylvia Miranda, decidiu pedir ajuda nas redes sociais para que a mãe fosse transferida para um hospital particular, para que pudesse receber visitas, já que no local em que estava internada, nenhuma pessoa pode entrar, nem parentes próximos, como filhos ou cônjuges.

Sylvia fez uma postagem no domingo (20) informando sobre a situação da mãe que estava a principio em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), apresentando sintomas de tuberculose. Ela pediu orações para Marina que já estava em coma por causa do Alzheimer, mas que acreditava em milagres:

“Infelizmente, minha rainha, minha mãe entrou em coma devido ao Alzheimer, e o estado está irreversível. Ela está com tuberculose, escara na terceira derme, infecção urinária e pulmonar. Peço ajuda e orações para que seja removida da UPA para um hospital particular para que sua partida seja digna. Eu acredito em milagres”, disse Sylvia na publicação.

Em seguida, ela avisou aos seguidores e fãs da mãe, que ela foi transferida para o hospital municipal: “Ela está no Miguel Couto. Nós estamos tentando o máximo possível entrar em contato com todos os amigos dela. Os amigos estão correndo atrás da transferência para um hospital particular, porque ela precisa de uma sonda alimentar”

“Foi descartada, agora há pouco, a tuberculose. Mas ela está com escara na terceira derme, infecção urinária e um problema no pulmão. As coisas ainda estão muito desencontradas, porque nessa coisa de transferência de uma UPA para o Miguel Couto, foram oito médicos atendendo. Então, são oito pareceres diferentes. Mas, até agora, o que a gente sabe de concreto mesmo é que ela não acorda devido ao Alzheimer”, explicou;
emoff…

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.